Hyrule Warriors: Age Of Calamity, A Breath Of The Wild Prequel, é lançado nesta temporada de festas

Hyrule Warriors: Age of Calamity foi anunciado como uma prequela que ocorre cem anos antes de The Legend of Zelda: Breath of the Wild. Se o anúncio não foi surpreendente o suficiente, Hyrule Warriors: Age of Calamity será lançado para o Nintendo Switch nesta temporada de férias em 20 de novembro de 2020.

De acordo com a sinopse oficial, Hyrule Warriors: Age of Calamity fará com que os jogadores assumam o controle de Zelda, Link e “os outros campeões de Hyrule” enquanto todos “testemunham os eventos da Grande Calamidade em primeira mão e tentam salvar Hyrule de destruição.” A prequela surpreendente combinará jogabilidade cheia de ação e ritmo acelerado para que os jogadores manejem armas poderosas e runas mágicas contra hordas de inimigos, incluindo “monstros verdadeiramente formidáveis” como chefes em potencial.

A Nintendo e a desenvolvedora Koei Tecmo pediram aos fãs que fossem pacientes para mais detalhes. Porém, Hyrule Warriors: Age of Calamity já está disponível para pré-encomenda e pré-carregamento na eShop oficial. O jogo requer até 15,6 GB de espaço de armazenamento no Nintendo Switch e garantir uma cópia digital antecipada renderá uma arma de bônus exclusiva que “pode ser oferecida como um item pago em uma data posterior”.

Algo interessante é que os jogadores podem convidar um amigo para unir forças contra a Grande Calamidade, Ganon. Embora não tenha sido esclarecido, Hyrule Warriors: Age of Calamity parece oferecer suporte para drop-in drop-out co-op do início ao fim.

Hyrule Warriors: Age of Calamity vem como uma surpresa completa e em um momento em que a Nintendo estava sendo criticada por não fazer nenhum anúncio especial para a temporada de férias.

Outro motivo de surpresa é que a prequela nunca foi esperada. The Legend of Zelda: Breath of the Wild 2 foi anunciado no ano passado e continua a ser uma sequela altamente antecipada do original. A Nintendo ofereceu apenas pequenos detalhes desde então, o que basicamente deixou os fãs desapontados porque alguns rumores alegavam que a sequência seria lançada para o Nintendo Switch nesta temporada de férias.

No entanto, ainda teremos um jogo Zelda. A única diferença é que será uma prequela, não uma sequência.